Tribulus Terrestris – Aumenta testosterona e Melhora Libido

Você sabe o que é Tribulus Terrestris?

O Tribulus terrestris é um fitoterápico oriundo de uma erva daninha encontrada em várias partes do planeta, mas especialmente no Mediterrâneo. Seus principais usos são para aumento de massa magra e estímulo sexual. Acredita-se que ela pode ajudar a controlar a pressão arterial, reduzir os níveis de triglicerídeos.

Dentre suas substâncias ativas, destacam-se as saponinas, os alcaloides e os flavonoides. Apesar de não saberem qual destes seria o composto ativo pela sua ação, especula-se que as saponinas sejam as responsáveis.

Nutrientes

Dentre suas substâncias ativas, destacam-se as saponinas, os alcaloides e os flavonoides. Além desses, conta com a substância protodioscina, que é a responsável por todos os benefícios atribuídos à planta.

Estudos científicos afirmam que a protodioscina tem a capacidade de estimular uma outra substância chamada óxido nítrico, que tem um efeito vasodilatador. Por isso, alguns estudos feitos com animais indicaram que o tribulus terrestris tinha a capacidade de reduzir a pressão arterial. Já os estudos em humanos mostraram que a planta contribui para uma ereção mais prolongada.

A protodioscina contida na planta ainda inibe a enzima conversora de angiotensina. Quando nosso organismo produz um grande volume dessa enzima leva a um aumento da pressão arterial.

Além disso, a protodioscina presente no tribulus pode estimular o hormônio LH localizado no testículo do homem. Ela também aumenta os níveis de dehidroepiandrosterona (DHEA), um hormônio esteroide. Quando este hormônio é estimulado ocorre um aumento na produção de testosterona.

Qual a relação da Tribulus Terrestris e a mulher?

Ela tem propriedades que ajudam na redução dos sintomas da menopausa, é uma ótima aliada da mulher. Sem contar que a erva tem forte ação analgésica e pode ajudar a aliviar dores, mesmo aquelas incômodas dores de cólicas menstruais.

Qual a relação de tribulus terrestris e a testosterona?

A testosterona é um hormônio que tem efeitos anabólicos no organismo. Ele é encontrado em maior quanditdade nos homens e em menor escala nas mulheres. Quando temos um aumento de testosterona no sangue ocorre o ganho de massa muscular. Além disso, a testosterona é responsável pela libido sexual.

Ao que tudo indica, o tribulus terrestris é capaz de ampliar as concentrações de testosterona, agindo como um adaptógeno. Ou seja, a planta é capaz de regularizar a produção da testosterona, pois aumenta naturalmente a produção e liberação quando esse hormônio tiver níveis abaixo do esperado, e o funcionando dentro dos limites naturais do corpo. Não produz mais do que o corpo pode processar.

tribulus-terrestris-aumento libido


Quais os benefícios do tribulus terrestris?

tribulus terrestris pode aumentar o desempenho esportivo e aumentar a massa muscular. Também se comenta muito sobre sua ação afrodisíaca, agindo como um viagra natural, isto é, um estimulante sexual.

Tem a possibilidade de atuar até mesmo contra a disfunção sexual, principalmente em mulheres pós-menopausa. E, ainda, há alguns estudos mostrando seu efeito na prevenção e tratamento da diabete.

No entanto, nenhum desses efeitos é comprovado cientificamente. Já foram realizadas diversas pesquisas científicas com tribulus terrestris e os resultados ainda são bastante contraditórios.

Alguns estudos isolados até apontam efeitos adversos como toxicidade e ginecomastia. Portanto, ainda não é considerada uma substância totalmente segura para uso.

Tribulus terrestris engorda?

Como contribui para o aumento da massa muscular e o nível de hormônios de testosterona no organismo, muitos acreditam que pode ajudar a engordar. Porém é o contrário que ocorre, pode inclusive ajudar na definição corporal, trocando massa gorda por massa magra. 

Sem contar que a tribulus terrestris pode contribuir para a redução do “inchaço”. Isso porque a erva tem propriedades diuréticas, que ajudam a diminuir a retenção de líquidos do corpo.

Tribulus terrestris como tomar

A dosagem varia de 250mg a 1500mg de acordo com a posologia de cada fabricante. Porém, há poucos estudos de suplementação isolada de tribulus que avaliem de maneira clara sua indicação e a recomendação diária.

Mas popularmente A orientação é ingerir três doses de tribulus terrestris ao dia sendo cada uma de 250 a 500 mg.

É preciso fazer ciclo de Tribulus terrestris?

Ao contrário da DHEA e da androstenediona (dois precursores da testosterona), o Tribulus não é produzido naturalmente pelo corpo, e o uso prolongado da planta pode diminuir sua eficácia.

Para evitar que isso aconteça, é aconselhado fazer um ciclo de três semanas com o suplemento e intervalo de 1-3 semanas sem usar.

Não há necessidade, no entanto, de fazer terapia pós-ciclo após o uso do suplemento, pois o Tribulus terrestris não causa aromatização como os esteroides anabolizantes que promovem um aumento brusco dos níveis de testosterona.

Efeitos colaterais

Algumas pesquisas isoladas sobre o tribulus terrestres indicam que a planta pode provocar toxicidade e ginecomastia (crescimento de mamas em homens).

Pela falta de comprovações científicas que estabelecem as suas doses seguras e efeitos colaterais, é precisa consumir a tribulus terrestris com cautela. E sempre procurar a recomendação de um nutricionista ou médico.

Deixe Seu Comentário