Remédios para Emagrecer

Os Remédios para Emagrecer devem ser ingeridos SOMENTE sob prescrição médica. Eles promovem a perda de peso rápida, mas causam alguns efeitos colaterais. Veja abaixo.

A maioria das pessoas que querem Remédios para Emagrecer esperam ver os resultados de forma rápida, como uma mágica. Então, comparece a academia e alimenta-se corretamente por uma semana, e quando vai se pesar, toma aquela banho de água fria: perdeu muito pouco em torno de meio quilo, pois a expectativa era muito alta.

Então, bate o desespero e vai em busca da ajuda de remédios emagrecedores. Porém, existem os prós e os contras de fazer uso desses medicamentos. Se você se encaixa nesse grupo que quer emagrecer rápido, se informe sobre os remédios para emagrecer lendo esse artigo:

Remédios para Emagrecer – Anorexígenos

São os famosos moderadores de apetite, os anorexígenos são produzidos à base de anfetamina. Essa substância age na parte cerebral que fica responsável pela saciedade. Dessa maneira, o cérebro manda uma mensagem para o corpo dizendo que está satisfeito e como não há alimento o suficiente para queimar, o organismo passa a eliminar calorias. Portanto, as pessoas que os usam perdem peso.

Entretanto, esses remédios tem muitos contras na sua utilização. Como a anfetamina é um estimulante, consequentemente fará com que os indivíduos sintam-se mais dispostos. Mas na composição da maioria das fórmulas, também é inserido um calmante, geralmente a fluoxetina.

Por isso, o cérebro fica confuso e não sabe a qual estímulo obedecer,o que em muitos casos causa a confusão mental e a mudança de humores.

Além do mais, o emagrecimento é apenas passageiro, pois à conforme o tempo passa o organismo passa a se acostumar com o medicamento, e portanto passa a não responder aos seus efeitos.

Assim, a fome volta e começa a aumentar, assim como a gordura corporal e se não tiverem disciplina para melhorar a alimentação e se exercitar na maioria dos casos as pessoas podem voltar ao peso antigo ou até aumentá-lo.

Por aqui a venda dos anorexígenos está proibida pela ANVISA devido aos riscos que podem causar à saúde como instabilidade emocional, depressão, irritabilidade, dor de cabeça e dependência química.

Alguns exemplos de Remédios Anorexígenos:

Femproporex

Também conhecido por Desobesi-M, o Femproporex é do grupo das anfetaminas e um dos remédios mais populares para emagrecer. Veja mais informações sobre o  Femproporex;

Estimativa de perda de peso: 3kg por semana

Mazindol

É inibidor de apetite do grupo das anfetaminas. Veja mais informações sobre o Mazindol;

Estimativa de perda de peso: 15kg em 4 meses

Anfepramona

Um dos remédios mais populares, é inibidor de apetite e possui anfetamina em sua composição. Veja mais informações sobre a Anfepramona;

Estimativa de perda de peso: Entre 9,7 e 17,5 quilos no período de 84 dias

Remédios para Emagrecer – Sacietógenos

A Sibutramina atualmente é o sacietógeno mais conhecido no mercado. A sua função é agir em 2 neurotransmissores que indicam ao cérebro a percepção de saciedade. Com isso, as pessoas passam a comer menos e começam a perder peso em até 1 mês.

Mas é preciso salientar que os sacietógenos apresentam alguns efeitos colaterais como taquicardia, insônia, dores de cabeça e aumento de pressão, que pode acarretar em  problemas cardiovasculares. Por isso, sua venda é proibida sem prescrição médica.

Uma dica para quem quer tomar esse tipo de remédio, é que existe outra forma de consumir os sacietógenos: através de alimentos naturais que agem da mesma maneira, mas no estômago, e não no cérebro.

Eles são ricos em fibras que, em contato com água, incham e saciam o estômago. São eles o abacate, a banana, o feijão, a cebola, o azeite, o jiló, o cacau, a canela, o chá verde, o café entre outros.

Assim, você tem soluções caseiras para emagrecer, basta ingeri-los em suas refeições que ficará sem fome por um bom tempo.

Remédios para Emagrecer - sacietogenos

Alguns exemplos de Remédios Sacietógenos:

Contrave

Composto por bupropiona e a naltrexona, o Contrave é um inibidor de apetite que combina dois remédios usados para tratar dependentes químicos, tabagismo, alcoolismo e depressão. Veja mais informações sobre o Contrave;

Qnexa

O Qnexa também é um inibidor de apetite. É composto por fentermina para inibir o apetite e topiramato, um anticonvulsivo que gera saciedade. Veja mais informações sobre o Qnexa;

Estimativa média de perda de peso: 10% da massa corporal em 1 ano

Belviq

Recentemente aprovado pela FDA, funciona como inibidor de apetite e é composto por cloridrato de lorcaserin. Veja mais informações sobre o Belviq;

Estimativa de perda de peso: 5% do peso em 3 meses

Victoza

Criado para tratamento de diabetes tipo 2, foi descoberto mais tarde por seus poderes emagrecedores. Também funciona como sacietógeno. Veja mais informações sobre o Victoza;

Estimativa de perda de peso: 15 kg de 2-6 meses

Tesofensina

Inibe a recaptação da noradrenalina, serotonina e da dopamina, responsáveis pelos mecanismos da fome. Veja mais informações sobre a Tesofensina;

Estimativa de perda de peso: 12 kg em 6 meses

Sibutramina

Age diretamente no sistema nervoso central promovendo saciedade e aumento de gasto energético. É um dos remédios para perder peso mais populares. Veja mais informações sobre a Sibutramina;

Estimativa de perda de peso: 10kg em 1 mês

Naltrex e Bupropiona

Separadas estes dois medicamentos não influenciam na perda de peso, porém juntos são um poderoso sacietógeno e aumentam o gasto de energia corporal. Veja mais informações sobre o Naltrex e a Bupropiona;

* sem estimativa à venda nas farmácias


Lorcaserina

Utilizada no Belviq, atuando no sistema nervoso central promovendo saciedade e aumentando o metabolismo basal. Veja mais informações sobre a Lorcaserina;

Estimativa de perda de peso: No mínimo 5% do peso em 2 anos

Hoodia Gordonii

É uma planta africana que possui uma substância chamada P57 que faz perder a fome. Veja mais informações sobre a Hoodia Gordonii

* sem estimativa à venda nas farmácias

Remédios para Emagrecer – Inibidores da Enzima Lípase

A função da enzima lípase é quebrar as moléculas de gordura a fim de que sejam absorvidas pela corrente sanguínea. Sendo assim, os remédios que ganham o título de inibidores da enzima lípase trabalham para que esse rompimento não aconteça, fazendo com que as moléculas adiposas saiam inteiras pelas fezes.

Os inibidores da enzima lípase quebram as moléculas de gordura e ajudam o organismo a eliminar estas moléculas através das fezes.

Os inibidores mais indicados pelos médicos, já que são vendidos apenas com receita médica, são o Lipibloc e o Xenical, que contêm o inibidor orlistate. Devem ser ingeridos 3 vezes ao dia, antes das refeições. Por enquanto, esse medicamento não promove nenhum efeito colateral, mas os seus usuários podem sofrer por terem que evacuar várias vezes ao dia.

Esses são os remédios para emagrecer existentes no mercado nacional. Porém, não fazem efeito se não forem acompanhados por atividades físicas e alimentação saudável e balanceada. Caso contrário, assim que você parar de consumi-los, seu peso voltará ao normal, o que gerará o famoso “efeito sanfona”.

Remédios inibidores da enzima lípase:

Orlistat

É a substância presente no Xenical e o LipBlock e é permitido pela ANVISA por não afetar o sistema nervoso e não causar dependência. Leia mais sobre o Orlistat aqui. Veja mais informações sobre o Orlistat;

Estimativa de perda de peso: 10% do peso em 1 ano

Xenical

Atua no sistema digestivo inibindo que as enzimas lípazes responsáveis pela absorção de gordura ajam. Veja mais informações sobre o Xenical;

Estimativa de perda de peso: 10% do peso em 6 meses

Outros Remédios para Emagrecer

remédios para emagrecer -copo água com pilulas

Zantrex 3

É um suplemento alimentar composto por substâncias termogênicas como a cafeína, chá verde, damiana, ginseng e outros. Veja mais informações sobre o Zantrex 3;

Estimativa de perda de peso: Promete queimar até 546% a mais de gordura que outros medicamentos.

Rimonabanto / Acomplia

Nome científico do Acomplia e Redufaste, o Rimonabanto ocupa o lugar do endocanabinóide – responsável por estocar gordura e diminua os níveis de insulina em situações estressantes – acabando com o ciclo.

Rimonabanto : Veja mais informações sobre o Rimonabanto;

Acomplia : Veja mais informações sobre o Acomplia;

Estimativa de perda de peso: 5 kg por mês com atividades físicas

Propolene

Sua principal substância é o glucomannan que é uma fibra dietética que em contato com a água pode ficar até 17 vezes maior. Além disso, é um dos remédios mais saudáveis do mercado e promove vários outros benefícios.  Veja mais informações sobre o Propolene;

Efedrina

Promove o aquecimento do metabolismo basal (termogênico) e por isso é encontrada em vários remédios para perder peso. Veja mais informações sobre a Efedrina;

CortiSlim / Relacore

Inibe a função do Cortisol, o hormônio do estresse responsável pelo acúmulo de gordura e queima de massa magra. Veja mais informações sobre o Cortislim;

Stacker 2

É um suplemento alimentar termogênico que queima a gordura corporal a partir do aumento da temperatura corporal. É energético e só traz efeitos com exercícios físicos. Veja mais informações sobre o Stacker 2;

Estimativa de perda de peso: Depende da quantidade de exercícios físicos praticada

Trimspa X32

Remédio que causou polêmica nos EUA com Anna Nicole Smith que perdeu mais de 30 kg em menos de um ano.

Estimativa de perda de peso: Depende da quantidade de exercícios físicos praticada

Veja mais informações sobre o Trimspa X32;

Reportagens

Tomar remédio para perder peso engorda? A Dra Kátia Seidenberger responde:

Antes de consumir qualquer remédio é recomendável que o usuário consulte um médico. Para entender um pouco melhor os riscos e benefícios dos remédios para emagrecer, selecionamos alguns vídeos sobre o assunto. Confira esta reportagem gravada no Fantástico da Globo:

    Conforme forem aparecendo novidades o post será atualizado com mais remédios e guias completos de utilização.

One Response - Deixe seu Comentário

Deixe Seu Comentário