Reeducação Alimentar

Reeducação Alimentar pode Ajudar a Manter o Resultado Obtido com a Dieta

Hoje é muito comum escutarmos falar sobre Reeducação Alimentar. Mas afinal, o que é exatamente uma Reeducação Alimentar? Bem, o nome já dá uma dica.

Reeducar é mudar algo que nos foi ensinado. É educar novamente. A reeducação alimentar consiste, portanto, em uma nova educação com relação aos hábitos alimentares. É preciso aprender a fazer de outra forma certas coisas que se vem fazendo.

Geralmente comemos errado. Fazemos escolhas mais fáceis, por exemplo, escolhendo fast foods ou comidas congeladas em detrimento de um prato com arroz, feijão, carne e legumes.

A mídia invade nossas casas todos os dias através da televisão, da internet, do cinema e do jornal criando hábitos, não só alimentares, como de vida de acordo com seus interesses financeiros.

Comemos muitas coisas ruins e erradas somente para manter funcionando certas empresas do ramo alimentício.

Ao mudarmos os hábitos alimentares, ao começarmos uma reeducação alimentar, damos ao corpo o que ele realmente precisa e na hora em que precisa. Precisamos aprender a comer direito e somente quando necessário, de forma a proteger a saúde e de promover perda de peso.

Por que Perder Peso?

A reeducação alimentar visa, entre outras coisas, a perda de peso. Não é saudável ser nem muito magro, nem muito gordo. Não é somente uma questão de estética. Pessoas obesas ficam vulneráveis a uma série de condições preocupantes, especialmente vasculares e cardíacas.

As pessoas muito magras também ficam vulneráveis, já que podem não ter força para manter o organismo protegido, sem contar com a deficiência de nutrientes que impede o corpo de funcionar corretamente.

Reeducação Alimentar - infograficoPortanto, é necessário sim perder peso e manter-se saudável. No entanto, quem deve decidir como e quando é um médico.

Procurar ajuda para começar uma reeducação alimentar é fundamental, pois somente um profissional pode auxiliar a agir corretamente. D

estacamos abaixo algumas dicas para uma reeducação alimentar, entretanto, não deixe também de buscar pela ajuda de um profissional da saúde.

Informe-se

Leia tudo o que puder sobre os mais variados alimentos e suas funções. Seja curioso, vá atrás de como as coisas que você come são feitas e processadas pelo organismo. Informação é a base de tudo.

Aprender a fazer substituições é o primeiro passo para uma boa reeducação alimentar. Você não precisa excluir nada da dieta, é preciso saber no entanto, quando e o quanto comer de cada coisa. Além disto, saber que certos alimentos podem ser substituídos por outros, fazendo uma diferença e tanto na balança e na saúde.

Com o tempo, vai chegar uma hora que você nem mesmo vai querer comer certas coisas, voluntariamente, sem sofrimento, da forma como ocorre com as dietas restritivas. O segredo para emagrecer é aprender a comer direito.

Verifique a Tabela Nutricional

Antes de comer alguma coisa, dê uma lida no rótulo e na tabela nutricional. É incrível a quantidade de coisas que comemos achando que é algo que na verdade não é. Muitos sucos de caixinha, por exemplo, são feitos com tudo quanto é coisa, menos com a fruta indicada na embalagem. Lendo os rótulos você pode ter acesso a isso e tirar suas próprias conclusões.

Além disto, é fundamental verificar a tabela nutricional de tudo o que se come. Por exemplo, certos produtos congelados que são vendidos em vários supermercados contem mais da metade da quantidade de gordura saturada que um indivíduo pode comer todos os dias. Mais da metade em uma única porção! Portanto, não se esqueça de verificar a tabela nutricional.

Fracione as Refeições

O ideal é comer de 5 a 6 vezes por dia pequenas porções de alimentos saudáveis. É preciso comer no café da manhã e depois fazer um pequeno lanche antes do almoço.

Então almoçar e fazer um pequeno lanche antes do jantar. Jantar e antes de dormir comer mais alguma coisinha.

Ficar de barriga vazia não é bom. Isto porque, quando comemos acabamos exagerando, devido ao longo período com fome. Além disto, é fundamental dar ao corpo doses de energia durante o dia, o que gera mais disposição.

Importante lembrar que ficar muito tempo sem comer também pode engordar pois o corpo passa a armazenar gordura, achando que irá sofrer com falta de comida.

Chame um Amigo

Chamar um amigo para a batalha pode ajudar muito nesta luta com os maus hábitos alimentares. Ao convidar um amigo para a reeducação alimentar tudo fica mais fácil. Um incentiva o outro e ajuda na hora que der um desânimo. Além disto, fica mais difícil sair da linha.

A reeducação alimentar é algo fundamental. Ao convidar um amigo ambos estarão fazendo bem para o corpo.

Trocar receitas e conversar sobre novas informações a respeito de alimentos, por exemplo, é um dos benefícios da reeducação alimentar em conjunto. Se possível, chame toda a família e mude de vez para uma vida saudável.

Deixe Seu Comentário