Oxandrolona ou anavar Reduz Gordura?

Saiba mais sobre a Oxandrolona (anavar), uma droga muito popular mas será que ajuda na perda de gordura?

A oxandrolona ou Anavar que é como é conhecida comercialmente. É um dos esteroides anabolizantes mais conhecidos entre esportistas e atletas profissionais. Ela é uma das drogas mais utilizadas pelo público feminino por seus efeitos colaterais brandos e resultados atraentes pela o que ela oferece.

Ela foi inicialmente elaborada para atender a problemas de deficiência de saúde, como a AIDS ou desnutrição. Depois ela migrou do mundo clínico para o nicho esportivo muito rápido e atualmente não há quem não tenha ao menos escutado falar sobre a substância.

Embora não seja uma droga com alto potencial de rendimento, a oxandrolona é uma ótima escolha para quem busca ganhos moderados. E não quer enfrentar complicações significativas durante e após o seu uso.

 

Oxandrolona pilulas

Mais informações sobre a Oxandrolona

Anavar, ou oxandrolona, é um hormônio DHT, ou seja, uma di-hidrotestosterona com rápido efeito após ingerida. Especificamente, ela, é um hormônio DHT como já foi dito com a adição de um átomo de oxigênio no lugar do carbono-2 no anel-A. 

Essa é uma droga conhecida como C17-aa (C17-alfa alquilados), ou seja, essa modificação química em sua composição faz com que ela resista ao metabolismo hepático. Isto faz com que ela não seja descartada antes de exercer suas funções no corpo.

Ela não é altamente andrógena, possui potencial anabólico mediano e praticamente não causa alterações significativas no eixo HPTA*. Se pudéssemos sintetizar as principais características da substância, esses seriam os seus pontos fortes.

*Eixo hipotálamo-hipófise-testicular

Apesar de possuir essa característica, a oxandrolona costuma ser muito mais suave no quesito toxidade do que drogas como a oximetolona, por exemplo. Uma vez que ela é consumida de maneira oral, se torna uma opção mais acessível, e mais atrativa aos que não gostam de injeções.

Oxandrolona -nomes-comerciais

Cuidado Com as pegadinhas…

Como usar 

Por ter essas características descritas acima, a oxandrolona é uma droga utilizada com várias finalidades. Mas decidir por usar ou não, assim como as dosagens, primeiro é necessário entender o objetivo e o perfil do usuário.

A oxandrolona pode ser ministrada para aumento moderado de força sem causar grandes aumentos de massa muscular, nem reter líquidos. O que a torna interessante para algumas modalidades de força onde há distinção de categoria por peso. Para as mulheres podem ocasionar modesto aumento de força e massa muscular.

A oxandrolona também é muito utilizada simultaneamente com outras substâncias como o stanozolol e alguma testosterona de éster curto, como o proprionato, para ciclos que visam definição e qualidade muscular.

Destacamos, a combinação de stanozolol (preferencialmente que seja injetável, para que não sejam ingeridos dois C17-aa de uma só vez) com a oxandrolona tem sido utilizada há muitos anos por mulheres.

Há outras formas de mesclagem, como com o primobolan, feito tanto por homens quanto por mulheres. Ambos, utilizam a oxandrolona em ciclos que objetivam a redução da gordura corporal.

Embora os ganhos de massa muscular sejam moderados, a oxandrolona é capaz de fazer com que esse pequeno aumento eleve as taxas metabólicas basais e acelere a queima de gordura, preservando ainda a massa muscular durante os períodos de restrições dietéticas.

Existem ainda uma outra forma de aplicação que não é muito popular, ainda pouco divulgada: que é como um agente anti-catabólico, isto é, dessa maneira são ingeridas quantidades mínimas da droga por dia, objetivando apenas o seu poder anti-catabólico.

No que diz respeito ao ganho de massa muscular de maneira expressiva, mesmo que sinergicamente combinada com drogas mais poderosas, essa pode não ser a melhor escolha pela alta quantidade de ingestão que será necessária, resultando certamente em danos hepáticos e possíveis problemas gástricos. Além disso, o custo X benefício dessa estratégia não é interessante para esse fator.

Oxandrolona -anavar-comprimidos

As dosagens recomendadas

A oxandrolona pode ser utilizada de diferentes maneiras, como já mencionado. E as dosagens que serão diariamente ministradas são diretamente influenciadas pelo objetivo escolhido.

Por ela ser um componente C17-aa com meia-vida curta, de aproximadamente 8 a 12 horas. É recomendado um consumo distribuído durante o dia, a fim de garantir suas concentrações plasmáticas.

Se o objetivo for aumento de massa muscular, dosagens menores que 80mg não são indicadas. Em contrapartida, seria desperdício financeiro e de saúde consumir dosagens maiores do que 100mg e é por essa razão que outros ergogênicos (qualquer substância capaz de melhorar o rendimento esportivo) são melhores alternativas quando o seu objetivo é esse.

Se mudar o foco para aumento de força, ela pode ser interessante em dosagens em torno de 40mg a 80mg, e por não causar retenção de líquidos, certamente é uma opção para atletas de força, como powerlifters.

Já as dosagens utilizadas por mulheres visando o aumento de massa muscular assim como a redução da gordura corpórea, podem iniciar com 20mg e chegar a quase 100mg.

Se a intenção for usar a droga como anti-catabólico, ela pode ser dividida em 2-3 tomadas diárias de dosagens praticamente insignificantes de 5 a 7mg.

Oxandrolona e emagrecimento

Em relação à queima de gordura, a Oxandrolona pode ser chamada de um esteróide fat-burner. Estudo realizado em pacientes com níveis normais de testosterona e que passaram a utilizar a Oxandrolona demonstrou que a gordura visceral e abdominal diminuíram.

Uma das principais razões para a popularidade dessa droga é que, em doses baixas, ela não é convertida em estrógeno. Muitos afirmam que a retenção de água também é muito menor com este esteróide.

Efeitos Colaterais da Oxandrolona

Alguns estudos mostram que a oxandrolona, no que diz respeito aos seus efeitos colaterais, não muda entre idades. E talvez essa seja um motivo pelo qual indivíduos novos em idade costumam experimentar a oxandrolona como primeira droga.

A oxandrolona não é uma droga que costuma aromatizar (fenômeno da conversão da testosterona em estrógenos dentro do organismo). Portanto, problemas como a ginecomastia, a retenção hídrica, a impotência sexual entre outros fatores, não são comumente observados.

Além disso, por não ser muito androgênica, não costuma causar problemas como queda capilar, oleosidade e tampouco espinhas na pele.

Porém, em mulheres, a androgenidade mesmo que pequena pode ser significativa. Causando complicações como o engrossamento da voz, desregular e até pausar ciclo menstrual. E também o desenvolvimento de algumas outras características virilizantes.

A virilização é um distúrbio que provoca o crescimento de pelos com padrão masculino e outras características masculinas. Mulheres com virilização frequentemente têm desequilíbrio dos hormônios sexuais estrógeno e testosterona.

A testosterona plasmática, a globulina ligadora de hormônios sexuais  mais conhecida pela sigla em inglês SHBG (sex hormone-binding globulin), e o hormônio Luteinizante o popular LH ( é a proteína reguladora da secreção da progesterona na mulher) costumam ser suprimidas, mas em proporções muito menores do que em outras substâncias muito mais potentes.

O hormônio folículo-estimulante (FSH), a somatomedina C (IGF-1) e o hormônio do crescimento (GH – growth Hormone) não são suprimidos com dosagens baixas a moderadas de oxandrolona, mas em muitos casos pode aumentar um pouco, o que pode causar efeito rebote após o ciclo.

Efeito esse que o eixo HTPA (Eixo hipotálamo-hipófise-testicular) pode atender absolutamente bem caso esteja em perfeitas condições. E não esteja sobrecarregado por ciclos anteriores ou outras deficiências.

Todas essas características fazem com que a oxandrolona muitas vezes seja utilizada por homens como única droga em ciclos iniciais de primeiro contato. Entretanto, não é recomendável que isso seja feito, pelos custos X benefícios apresentados.

Informações de Segurança Importantes

⚠️ Ela não é indicada para aumentar a capacidade atlética. Não se deve tomá-la por qualquer outra razão do que foi prescrita.

⚠️ Pode diminuir a quantidade de algumas substâncias com capacidade de coagular o sangue. Para evitar sangramento, se proteja de situações em que hematomas ou lesões possam ocorrer. Relate ao seu médico qualquer sangramento incomum, contusão, sangue nas fezes, ou fezes escuras, alcatroadas.

⚠️ Atenção para pacientes com diabetes – o nível de açúcar no sangue pode ser afetado. Analisar os níveis de açúcar no sangue com atenção e perguntar ao médico antes de ajustar a dose do medicamento de diabetes.

⚠️ Os exames laboratoriais, incluindo testes de função hepática, contagem de células do sangue, níveis de colesterol, ou níveis de cálcio no sangue, podem ser efetuados para verificar sinais de efeitos colaterais. Certifique-se de manter todas as consultas médicas e laboratoriais.

⚠️ Use com precaução em idosos porque eles tendem a ser mais sensíveis aos seus efeitos, especialmente problemas de próstata, acúmulo de líquido, ou testes de função hepática anormais.

⚠️ Evite mas se for usar em crianças faça com extrema precaução. Visto que pode afetar a taxa de crescimento ósseo em crianças. Neste caso deve-se verificar a cada 6 meses, enquanto usando  estiver usando a substância. E lembre-se a segurança e eficácia não foram confirmadas nessa idade.

⚠️ Gravidez e aleitamento – Não usar em hipótese alguma se estiver grávida. Se tiver suspeitas que possa estar grávida, entrar em contato com seu médico imediatamente.

⚠️ Quando usada por longos períodos ou em doses altas, algumas pessoas desenvolvem uma necessidade de continuar tomando. Isto é conhecido como dependência ou vício.

⚠️ Se subitamente parar de tomar, é possível vivenciar sintomas de abstinência, incluindo depressão, insônia, perda do apetite, alterações do humor, diminuição da libido, agitação, ou cansaço.

Conclusão

A oxandrolona é uma droga com baixo anabolismo. Que não causa retenção de líquidos e possui efeitos colaterais relativamente baixos em comparação aos benefícios. Dependendo do objetivo de uso. Porém, o que a torna inoportuna são as dosagens monstruosas necessárias da droga para ter resultados expressivos quando se quer aumento de massa muscular. Isso a torna tóxica, principalmente ao fígado.

A oxandrolona é mais indicada para mulheres que necessitam de dosagens inferiores e correm pouco risco de virilização com ela.

Depois de escrever o artigo e fazendo mais pesquisas achei esse vídeo que resume bem sobre a oxandrolona

Importante: O Site DicasPerderPeso não recomenda uso de nenhuma substância! Consulte sempre um profissional competente. Este artigo é apenas para conhecimento.

Deixe Seu Comentário