Mazindol emagrece realmente?

O Mazindol é um anorexígeno. E foi retirado do mercado brasileiro pela Anvisa por ter causado muitos efeitos colaterais maléficos à saúde.

O mazindol é uma substância parecida com a anfetamina e, por isso, é considerado um anorexígeno, ou seja, é um inibidor de apetite. No Brasil, foi comercializado de 1999 a 2011, quando teve a sua venda proibida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) devido aos seus efeitos colaterais maléficos. Contudo, conheça melhor esse medicamento que já fora muito indicado por médicos de todo o mundo.

Mazindol Emagrece

O mazindol, que era vendido sob os nomes comerciais Moderina, Absten S ou Fagolipo, estimulando o Sistema Nervoso Central fazendo com que a pressão sanguínea aumente e o apetite diminua a partir da sua ação sobre 2 neurotransmissores responsáveis pela sensação de fome.

De acordo com pesquisas, seus efeitos eram mais duradouros que seus concorrentes, o femproporex e o dietilpropiona, também anorexígenos retirados das prateleiras das farmácias brasileiras devido aos efeitos colaterais sofridos pelos seus usuários.

mazindol - anorexia-espelho

Como esses remédios para emagrecer diminuem a fome, certamente fazem as pessoas perderem peso. Mas não por muito tempo, já que funcionam somente por um certo período. Depois, o organismo se acostuma com a sua presença e eles não produzem mais o mesmo efeito do início do tratamento.

E se após a pessoa parar de ingerir o medicamento voltar aos seus antigos hábitos, ou seja, ao sedentarismo e à má alimentação, poderá readquirir os quilos perdidos ou até aumentá-los.

E mesmo quando eram comercializados, esses medicamentos não podiam ser vendidos sem receita. Portanto, se você sabe onde comprar o mazindol, pense bem antes de adquiri-lo, já que ele é causador de vários efeitos colaterais.


Quantos quilos posso perder?

De acordo com relatos, pacientes conseguiram perder até 15 quilos com o uso do mazindol em 4 meses. Entretanto, essa perda só foi possível com exercícios físicos e alimentação balanceada. Aliás, como escrito acima, o remédio passa a perder o seu efeito após os primeiros meses de uso. E, por isso, a prática de esportes e da reeducação alimentar são muito importantes para a manutenção do peso corporal.

Efeitos Colaterais

Antes de elencarmos os efeitos colaterais negativos do mazindol, temos que ressaltar os seus benefícios. Segundo estudos, ele ajuda a manter os níveis de glicemia normais.

mazindol-dieta

No entanto, ele realmente foi proibido pelas agências de saúde por causa dos seus efeitos colaterais negativos. São eles: xerestomia (boca seca), depressão, diarréia, insônia ou sonolência excessiva, náusea, nervosismo, palpitação, taquicardia, dor de cabeça, gosto desagradável na boca, tontura, sudorese, tremor, prisão de ventre, erupção cutânea, inquietação e, além disso, dependência química à substância.

Contra Indicações

O mazindol é terminantemente contra indicado para alcoólicos, grávidas, lactantes, crianças e idosos. Além disso, os grupos que possuam arteriosclerose avançada, afecção grave, doença cardíaca, hipertensão grave, glaucoma, isquemia cerebral, psicose, nível de agitação alto, uremia ou hipersensibilidade a algum componente da sua fórmula. Não devem usá-lo, pois ele poderá causar problemas sérios em sua saúde.

Com isso, concluímos que a melhor forma de chegar ao peso sonhado ainda é malhando bastante o corpo. E se alimentando corretamente, com uma boa reeducação alimentar. Para tanto, consulte um endócrino ou um nutricionista para ter o seu cardápio personalizado de acordo com as suas necessidades.

Deixe Seu Comentário