L-carnitina – O que é, e Para que Serve?

Esse artigo é um Guest Post sobre a L-Carnitina escrito por Renato Capellari. Ele é um profissional credenciado no CREF (Conselho Regional de Educação Física e no CONFEF, Conselho Federal de Educação Física).

Renato escreve e administra o Formula3, que reúne todas as informações e conceitos necessários para quem busca emagrecer evoluindo corpo e mente. Entre no site assine o feed e fique por dentro do que acontece de melhor sobre treinar, comer e descansar. Esses são os três pilares do Formula3.

A L-carnitina é um ótimo suplemento para praticantes de atividades físicas em geral. Mas também por pessoas que querem complementar a alimentação com nutrientes saudáveis.

Ela proporciona uma série de benefícios para o organismo. Conheça um pouco mais sobre este nutriente.

O que é L-carnitina?

Ela é uma substância natural produzida pelo fígado e rins, e fica armazenada nos músculos. Sua principal função é ajudar o corpo a transformar gordura em energia. Pois é ela quem realiza o transporte dos derivados da gordura para dentro da mitocôndria. E lá serão oxidados e transformados em energia.

A substância é sintetizada por dois aminoácidos essenciais: a lisina e a metionina, com a ação conjunta da niacina, vitamina B6, vitamina C e ferro. A L-Carnitina é classificada como um aminoácido.

l-Carnitina-mulher-exercitando

É possível também obte-la a partir do consumo de carne vermelha, abacate e grãos de soja. Seu nome, aliás, vem do latim “Carno”. Que significa exatamente carne, que pode ser considerada a melhor fonte natural de L-Carnitina.

A carne vermelha, principalmente a de carneiro (78mg a cada 100g de carne), é uma das principais fontes naturais desse nutriente.

Alguns produtos à base de leite, determinadas espécies de peixes e vegetais, como aspargos, também a contém em sua composição.

Para que Serve?

Uma de suas principais funções no organismo é participar do metabolismo das gorduras. A L-Carnitina garante que a gordura (além dos carboidratos) seja utilizada para gerar energia para o organismo.

Ela também acaba poupando as reservas de glicogênio muscular, o que se traduz em maior resistência muscular durante os treinos de força.

Ela também ajuda a elevar a produção de óxido nítrico (NO2). Isso aumenta o fluxo sanguíneo, oxigenando e carregando mais nutrientes para as células e acelerando a recuperação após o treino.

Fontes Naturais e Suplementos

A L-carnitina é encontrada em alimentos, como a proteína animal, e na forma de cápsulas ou composição líquida.

Quando o nutriente encontrado na alimentação não é suficiente, pode-se optar por suplementos específicos de L-carnitina.

No mercado está disponível nas versões líquida, em cápsulas e em fórmulas compostas por uma mistura do nutriente com chá verde ou CLA.

Outros ingredientes ativos de emagrecimento que também contribuem para o aumento e aceleração da perda de gordura acumulada.

Benefícios da L-carnitina

O consumo equilibrado através da alimentação e suplementos saudáveis pode ser bastante benéfico para quem pratica musculação. Isso também é válido para outros esportes que exigem resistência e força muscular.

Ganho de Massa Magra, substância aumenta a força e a resistência muscular, servindo como estimulante. Isto é, permitindo que você consiga levantar cargas maiores e também prolongar as séries. E treinos mais intensos e com mais peso proporcionam crescimento muscular.

l-Carnitina-informativo

Proporciona a queima de gordura, a L-carnitina estimula a utilização dos estoques de gordura como fonte de combustível para o metabolismo.


Estudos mostram que L-carnitina também melhora o funcionamento da insulina nas células musculares.  O que na prática significa que o composto ajuda a estabilizar os níveis de glicose, sobretudo após refeições ricas em carboidratos.

Ajuda no fortalecimento do sistema imunológico.

Malefícios da L-carnitina

Os efeitos colaterais incluem náuseas, diarreia, cólica abdominal e vômito. Os efeitos colaterais menos frequentes incluem convulsões e fraqueza muscular em indivíduos que já possuem um histórico desses sintomas.

Até o momento não existem, no entanto, estudos científicos que demonstrem efeitos colaterais do uso de quantidades normais de L-carnitina.

Qual a dose recomendada? 

Além da L-Carnitina já ser obtida através da alimentação, é possível fazer uma suplementação com até 3 g do nutriente ao dia. Ainda que 1000 mg (1g) seja suficiente para proporcionar os benefícios da L-carnitina. 2 g parece ser a dose ideal para quem pratica musculação ou precisa eliminar gordura em excesso.

l-carnitina-dose recomendada

Como Tomar L-Carnitina?

Além da alimentação é possível fazer uma suplementação com até 2 g do nutriente ao dia. Ainda que 1000 mg (1g) seja suficiente para proporcionar seus benefícios, 2 g costuma ser a dosagem mais recomendada para quem pratica musculação ou precisa eliminar gordura em excesso.

Como a L-carnitina necessita da presença da insulina para poder ser absorvida pelas células, a indicação atual é sempre consumir o suplemento com uma fonte de carboidrato de rápida absorção.

Uma sugestão é consumir com 40 gramas de carboidratos e 20-30 gramas de proteína magra logo após o treino, ou durante uma refeição rica em carboidratos antes dos exercícios.

Estudos mostram que utilizar junto com ômega 3, podendo ser em capsulas ou um file de salmão, ajuda a queimar gordura de forma tão eficiente quanto consumí-la com carboidratos.

Embora o melhor horário para tomar L-Carnitina seja antes do treino, não existe um horário específico para tomar o suplemento, desde que ele esteja acompanhado de carboidratos simples.

Não é recomendado tomar antes de dormir, pois pode atrapalhar o sono elevando os níveis de energia e podendo ter dificuldade para relaxar.

A L-carnitina Emagrece Mesmo?

Além de estimular a mobilização das reservas de gordura para serem utilizadas como fonte de energia para os músculos e assim melhorando o desempenho nos treinos. A L-carnitina também pode auxiliar no controle do apetite e na diminuição da fadiga.

Em conjunto, estas propriedades da carnitina podem ajudar a consumir menos calorias ao longo dia, ao mesmo tempo em que tem mais energia para praticar atividades físicas.

Porem estudos mostram que a L-carnitina não faz nenhum efeito durante o repouso, assim a carnitina só apresenta seus reais efeitos durante a pratica de atividade.

Portanto, podemos dizer que a L-carnitina emagrece porque queima gorduras, estimula o metabolismo e atua como fonte de energia para os exercícios.

l-carnitina-fita-metrica-cintura

Pode ser Utilizada junto com outro Suplemento?

Sim, a carnitina pode ser utilizada com outra suplementação como, por exemplo, Whey Protein, BCAA e outros. Obviamente a utilização da L-carnitina deve ser feita com uma alimentação e a suplementação de acordo com seu objetivo.

Melhores Marcas de L-carnitina

Existem muitas marcas de L-carnitina no mercado, tanto laboratórios nacionais, quanto internacionais.

O ideal é conversar com os profissionais da área (nutricionista, personal trainer, etc) para tirar dúvidas a respeito das marcas mais recomendadas.

Existem algumas marcas nacionais e internacionais que em pesquisas feita pela ANVISA apontaram informações incompatíveis com as do rótulo. Principalmente o whey protein que seu custo é mais alto.

Conclusão

A L-carnitina é uma ótima opção para os praticantes de atividades físicas utilizarem com o intuito de um melhor desempenho ou ajudar a atingir os objetivos seja de rendimento na pratica do esporte ou aumento muscular no caso da musculação.

🎥 Vídeo sobre L-Carnitina:

E aí gostou? Deixe seu comentário. Não se esqueça que esse artigo foi escrito pelo nosso parceiro Renato Capellari do Formula3.

Deixe Seu Comentário