Contrave – Remédio pode te ajudar a Emagrecer. Leia Mais

O Contrave tem em sua composição 2 medicamentos que já estão disponíveis no mercado e promovem a perda de peso.

O Contrave foi criado a partir de dois medicamentos já disponíveis no mercado para resolver o problema da obesidade.

Estima-se que no mundo todo, 1,5 bilhões de pessoas sejam obesas, o que se tornou um caso de saúde pública, já que muitas doenças como a hipertensão, o diabetes e o colesterol alto, estão diretamente relacionadas a essa condição.

Por isso, os laboratórios correm em busca de medicamentos que proporcionem a perda de peso sem efeitos colaterais adversos. O Contrave promete abaixar os números da balança, e já foi aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration) dos Estados Unidos. Aqui você encontrará informações sobre ele.

Contrave Emagrece?

O Contrave foi elaborado a partir de 2 medicamentos já disponíveis no mercado. Um deles é a bupropiona, que é usada no tratamento do tabagismo e da depressão. Ela impede que a dopamina seja reabsorvida, neurotransmissor responsável pelo sono, memória, cognição, movimento, humor e emoções.

contrave-medida

O outro é a naltrexona, que é prescrita para tratar os viciados em opiáceos como a heroína e a morfina. Agindo em conjunto com a morfina para bloquear ou atenuar os sintomas físicos e mentais ocasionados por elas. Alcoólatras também podem ser indicados para se tratarem com essa substância.

Separados, esses medicamentos não são muito eficazes na luta para perder peso. Porém, quando são aplicados juntos, atuam regulando o apetite. Dessa forma, os pacientes passam mais tempo sem ter fome, o que acarreta no emagrecimento.


Quantos quilos posso perder em média?

Quando usada isoladamente a bupropiona, teve efeito emagrecedor, pois incentiva os neurônios que suprimem o apetite e provoca um maior gasto de energia corporal. Porém, esse efeito não dura muito tempo pois a própria substância que bloqueia a perda de apetite deixa de ser produzida pelo organismo.

Apesar disso, quando é aplicada com a naltrexona, os seus efeitos tornam-se duradouros visto que, tal substância atua sobre os neurônios que cortam a sua ação. Dessa forma, a sensação de saciedade se estende por mais tempo e o peso, consequentemente, diminui.

A eficácia do Contrave foi avaliada em vários estudos clínicos que incluíram cerca de 4.500 pacientes obesos e com excesso de peso. Com e sem condições de saúde relacionadas ao peso, tratados durante um ano.

Todos os pacientes receberam modificação de estilo de vida que consistia em uma dieta reduzida em calorias e atividade física regular. Pacientes sem diabetes tiveram perda de peso médio de 4,1%  em um ano. E 42% dos pacientes tratados com a medicação  perderam pelo menos 5% do seu peso corporal, em comparação com 17% dos pacientes tratados com placebo.

Por outro lado, sabe-se que poderá ser receitado apenas para aquelas pessoas que apresentam obesidade mórbida com IMC (Índice de Massa Corporal) acima de 30 ou sobrepeso, com IMC igual ou maior que 27 com doenças associadas a ele como hipertensão, diabetes ou colesterol alto.

Efeitos Colaterais

Durante as pesquisas, foram percebidos alguns efeitos colaterais ocasionados pelo uso do Contrave. Apesar dos benefícios gerados para as pessoas que sofriam de doenças recorrentes da obesidade. Ele aumentou os índices de HDL (colesterol bom), diminuiu o LDL (colesterol ruim) e diminuiu a glicemia de jejum.

contrave-pills

Apresentou também efeitos colaterais como: tonturas, vômitos, dores de cabeça, enjôos e formigamento das extremidades. Esses sintomas podem durar até 3 semanas após o início do tratamento.

Portanto, a melhor forma de ficar de bem com a balança é praticando atividades físicas regulares e reeducação alimentar.

Contra Indicações

Idosos, gestantes, crianças e lactantes não devem utilizar esse medicamento, mesmo com receita médica.

2 Comentários - Deixe seu Comentário

Deixe Seu Comentário