Chlorella – Veja os benefícios desse superalimento

A Chlorella é um SuperAlimento utilizado pelos astronautas devido aos enormes benefícios que trás para a saúde.

Você conhece a Chlorella? Não? Aqui vamos te atualizar sobre ela e porque você deveria integra-la ao seu cardápio.

Nas grandes cidades as vezes parece que estamos sempre em conflito com o ambiente a nossa volta. Isso porque, são inúmeros fatores externos que atacam nosso corpo.

Você pode fazer o seu melhor para tentar evitar a poluição e as toxinas. Comer apenas ​​alimentos saudáveis e orgânicos, beber somente água filtrada. Evitar a exposição a substâncias químicas sintéticas, mas as fontes de poluição são infinitas e na maioria das vezes silenciosas e inevitáveis.

Como já dissemos em outros artigos, os superalimentos são uma alternativa natural de repor uma grande quantidade de nutrientes essenciais e antioxidantes. Mas a Chlorella é um superalimento diferente de qualquer outro. Pois proporciona a reposição de nutrientes e também tem a capacidade de desintoxicar o seu corpo. 

Veja o que você vai aprender sobre a Chlorella 

  • O que é Chlorella

  • Do que ela é composta

  • Quais os benefícios da Chlorella

  • Forma de consumo deste superalimento

O que é a Chlorella?

A Chlorella é uma microalga de cor verde que cresce em água doce. É uma das, se não a mais pesquisada alga no mundo. E muitas vezes é dita como um alimento quase perfeito devido a quantidade de benefícios que traz à saúde já identificados. Não é atoa que é usada como suplemento alimentar pelos astronautas da NASA em sua viagens ao espaço.

Os benefícios trazidos pela Chlorella estão ligados à sua composição variada. Onde cada componente individualmente fornece seus próprios e valiosos benefícios à saúde. Mas, a eficiência de seus efeitos apresenta um melhor rendimento devido à alta integração dos seus elementos.  Pois eles ficam exponencialmente mais poderosos quando unidos do que quando são consumidos separadamente.

Composição da Chlorella


Chlorella - composicao

A Chlorella é composta por uma externa camada fibrosa não digerível (20%) e seus nutrientes interiores (80%). A parte fibrosa é a principal responsável pelo seu potencial desintoxicante e a parte interna responsável pela parte nutricional.

A seguir vamos listar os principais compostos existentes neste superalimento e de que maneira eles agem para trazer benefícios para o seu corpo.

Fator de Crescimento Chlorella (FCC ou CGF)

O fator de crescimento Chlorella é um composto único desta microalga. Ele se destaca pela sua capacidade excepcional de reparação e desenvolvimento de células.

O FCC é composto por altos níveis de ácidos nucleicos, ácido ribonucléico (RNA), e ácido desoxirribonucleico (DNA), que é nada mais, nada menos do que a matéria prima para construção de células.

É devido ao FCC que Chlorella tem a capacidade de estimular a produção e reconstrução de tecidos do nosso corpo, acelerar o processo de cicatrização e  recuperação de lesões.

Este composto também é responsável por ajudar a desacelerar o processo de envelhecimento e auxiliar no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes.

Estudos médicos já foram realizados para entender melhor estas habilidades de reparação, onde foram identificados benefícios para o fortalecimento dos ossos enfraquecidos pela osteoporose e cicatrização de feridas em diabéticos.

Clorofila

Um dos maiores motivos para a Chlorella ser reconhecida como um dos mais eficazes agentes antioxidantes, é por ela ser a maior fonte de clorofila do planeta, aproximadamente de 3% a 5% do seu peso seco.

A clorofila tem a capacidade de eliminar do corpo uma série de substâncias tóxicas para o organismo, incluindo nessa lista metais pesados ​​como o mercúrio, chumbo, cádmio, dioxinas e PCB.

O corpo humano não consegue por si só quebrar as moléculas dos metais pesados, sendo assim, tenta em velocidade muito lenta eliminá-los do organismo. Nesse processo o corpo passa acumular estes metais no fígado, cérebro, ossos, rins, pele, unhas e cabelo.

Percebeu a importância de consumir de alimentos que aceleram este processo  antioxidante? Ele previnem doenças causadas pelo acumulo excessivo de toxinas.

A clorofila também é capaz de regular os níveis de colesterol e açúcar do sangue.  Por isso também é indicada para diabéticos e pessoas com altos níveis de colesterol.

Ela fortalece o sistema imunológico,  e com isso aumenta o número de anticorpos, nutre e fortalece o sistema circulatório e intestinal, reduz o risco de inflamações, reduz a retenção de líquidos no corpo e aumenta a quantidade de glóbulos vermelhos dentre outros benefícios.

Proteínas

A alta concentração de proteínas (de 50% até 60% da sua composição) traz muitos benefícios. Principalmente pela qualidade da proteína em si, já que incorpora muitos aminoácidos essenciais.

Entre os aminoácidos está o essencial triptofano. Este aminoácido não é produzido naturalmente pelo corpo humano, por essa razão temos que obtê-lo através da alimentação. Ele propicia a produção de serotonina, que muitas vezes é chamado de “hormônio da felicidade” por causa de seu papel importante no desenvolvimento físico e mental, gerando uma sensação de bem-estar geral.


O triptofano é também responsável por um grande número de processos neurológicos. E pode ajudar a proporcionar alívio para as mulheres com problemas menstruais.

Chlorella - infografico informativo

Fibras

A porcentagem de  fibras gira em torno de 10% até 20% da composição da Chlorella. O que a transforma um um excelente agente digestivo.

Suas fibras em conjunto com a clorofila, tem a capacidade de se conectar às toxinas existentes no corpo.  Podem ser incluídos nesse grupo metais pesados ​​ e pesticidas.

Como às fibras não são absorvidas pelo nosso organismo, elas são expelidas e as toxinas vão junto. Dessa maneira, a fibras desintoxicam de forma eficaz nosso corpo ao mesmo tempo em que estimulam um melhor funcionamento do aparelho digestivo evitando que intestino fique preso.

Além de melhorar a digestão, as fibras da chlorella proporcionam o crescimento de bactérias que são benéficas ao intestino. Como exemplo podemos citar o Lactobacillus, que se desenvolve até 4x mais do que a taxa normal.

A melhora na digestão e evacuação normalmente podem ser percebidas logo após a primeira dose de Chlorella.

Ácidos Graxos

Chlorella contém ácidos gordos poliinsaturados dos quais podemos destacar os ácidos linoleico e linolênico (ômega-3 e 6). Eles também conhecidos como óleos essenciais, uma vez que ajudam o organismo a funcionar melhor.

O ômega-3 age protegendo a saúde cardiovascular, pois atua como um vasodilatador e na saúde cerebral, uma vez que influencia na formação de um componente dos neurônios.

Assim, ocorre a melhora do desempenho cognitivo, da atividade cerebral e comunicação entre as células do cérebro.

Pesquisas têm concluído que a combinação do triptofano e omega-3 presentes na Chlorella podem se transformar em uma sensação de bem-estar aos consumidores regulares de Chlorella.

Sais Minerais

A composição de sais minerais da chlorella é de aproximadamente 10%.
Estes compostos elementares, como por exemplo o potássio, cálcio, magnésio, ferro, zinco, selênio e fósforo, são imprescindíveis ​​para as reações metabólicas em nossas células, órgãos e tecidos.

O ferro, em especifico, tem grande importância por ser uma parte integrante de muitas proteínas e enzimas. Ele também compõe a hemoglobina, a proteína que transporta o oxigénio para os tecidos. Se o seu corpo é pobre em ferro, você pode desenvolver anemia, que leva a uma fadiga excessiva.

O fósforo presente na Chlorella está entre um dos elementos mais essenciais, está em segundo lugar depois do cálcio em abundância nos tecidos humanos.

Sua abundância se deve às numerosas funções críticas que ele assume no organismo. Entre elas a formação do DNA e o RNA, formação de corrente de energia e formação da estrutura dos ossos e dentes, dando-lhes maior resistência.

Antioxidantes

Chlorella - antioxidantes

Os antioxidantes são moléculas que reagem ao contato com células estranhas e com isso que combatem os radicais livres.

Os radicais livres são moléculas produzidos durante o processo metabólico normal do organismo. Mas eles podem intensificar a produção quando expostos à toxinas e a prática de atividades físicas exagerada.

Quando o organismo tem radicais livres em excesso. Eles acabam se ligando a moléculas importantes do corpo. Estimulando uma reação em cadeia de deterioração e destruição de células e tecidos. Sendo que muitos tipos de câncer tem sido relacionados a esse tipo de impacto sobre o DNA das células.

A Chlorella contém uma grande quantidade e diversidade de antioxidantes que ajudam na prevenção desses radicais livres. E consequentemente colaboram com a prevenção de problemas de saúde decorrentes da idade avançada.

Confira as principais antioxidantes da Chlorella e seus benefícios para saúde na tabela abaixo!

 Chlorella - infografico

Deixe Seu Comentário