5 Dicas para queimar gordura corporal e não os músculos

Neste artigo vamos apresentar 5 dicas para queimar gordura do corpo e não diminuir o percentual de massa magra, isto é, os músculos.

O verão já está aí, e sempre vem aquela vontade de melhorar a sua forma, para ir na praia, piscina, etc. Mas o que muita gente não sabe, é que que não basta apenas diminuir o ponteiro da balança, o importante é queimar gordura e não perder musculatura. Que somente se exercitar resolve o problema. É preciso dar mais atenção a alimentação

São poucas as alegrias melhores do que subir na balança e constatar que você emagreceu, não e mesmo? Nossa intenção não é tirar de você essa alegria, mas é preciso alertar para os fatos da realidade.

Não adianta nada perder peso se você estiver eliminando o que não deveria. Podemos afirmar que perder massa magra (músculos, ossos e água) e não gordura, além de não deixar você feliz em frente ao espelho, vai atrapalhar o seu emagrecimento no futuro. Afinal, quanto mais músculo você tiver, mais calorias seu corpo vai queimar. E mais sucesso na perda de peso você continuará tendo. 

queimar gordura pesando 2kg gordura e músculo

Para queimar gordura e não perder massa magra, veja essas 5 dicas abaixo

1. Faça, no mínimo, cinco refeições por dia 

Por mais batida que esteja essa informação a maioria das pessoas confirmarem que sabem dessa regra, o que mais se vê por aí são pessoas ficando grandes intervalos de tempo em jejum para emagrecer. Metabolismo diminui o ritmo e e começa a estocar energia.

Conforme noticiado pelo site revista glamour a nutricionista Paula Castilho da Sabor Integral Consultoria em Nutrição diz que “O corpo passa a armazenar energia em vez de gastá-la. Além disso, você sentirá mais fome na próxima refeição”.

É importante planejar quais serão as cinco ou seis refeições ao longo do seu dia, e que as coma em intervalos regulares. Antes de se exercitar, faça uma refeição leve com carboidrato uma hora antes. Coma também uma hora após o término do treino, reponha carboidrato e acrescente uma proteína. Veja os alimentos que secam a barriga aqui.

queimar gordura infográfico

2. Acrescente carboidrato e gordura no prato 

Esqueça as dietas da moda que eliminam um grupo alimentar da sua vida. Seu organismo precisa de carboidratos, lipídeos (gordura) e proteínas para funcionar direito. O segredo é escolher direito quais alimentos com esses nutrientes você vai consumir.

Prefira as farinhas integrais, os lipídeos ricos em ômegas, como castanhas e abacate, e proteínas magras. Ao fazer dietas hiperprotéicas e sem carboidratos, acabamos utilizando os músculos como fonte de energia, e isso não é bom.

 

3. Faça um exercício que lhe dê prazer 


Essa dica é muito importante, pois não adianta só cuidar da alimentação. É preciso que você se exercite e movimente o seu corpo para queimar gordura e calorias. Mas digamos que, você já vai lá, faz sua parte, sua na academia, mas odeia cada minuto que passou por lá.

Podemos tirar algumas conclusões desse comportamento. O primeiro é que não tem como essa atividade virar rotina na sua vida por muito tempo.

Segundo que, praticar atividade física nessa má vontade e atitude traz tanto estresse, que libera cortisol no seu organismo. E podemos dizer que cortisol é um super inimigo da queima de gordura localizada.

Por isso se deve escolher uma atividade física que proporcione prazer além do simples fato de queimar calorias. Você pode caminhar, correr, pular corda, nadar, dançar, artes marciais, etc a escolha é sua.

Cuidar tanto dos aspectos emocionais e espirituais é tão importante quanto cuidar da alimentação. Por isso se você acha que já tentou de tudo e acredita que realmente nasceu para o sofá. Não desista, continue buscando algo que traga satisfação. Nem que esse prazer chegue só na hora que acabar o treino na forma de endorfina. 

queimar gordura exemplo visual comparaando gordura e músculo

4. Pode Comer à noite, sim!

Esse é outro mito que precisa ser derrubado o quanto antes. Ficar sem comer à noite ou não comer carboidrato no jantar não vão trazer nenhum benefício para sua perda de gordura.

Especialmente se você começar a praticar exercícios logo pela manhã. Só o café não vai ser suficiente para te alimentar e, de novo, o organismo vai lá nos músculos pra procurar energia.

Não há diferença se você consumir carboidrato de dia ou à noite, desde que seja na quantidade adequada. À noite, dê preferência aos alimentos menos calóricos, com baixo teor de gorduras e de fácil digestão.

5. Beba bastante água 

Essa é uma dica clássica, dez entre dez profissionais de saúde a recomendam. Isso porque a hidratação é primordial para quase todas as funções do corpo humano além de ajudar a manter a temperatura corporal estável.

É mais comum do que se imagina, a perda de peso ser pura desidratação quando se faz dietas restritivas. O certo é que não existe uma quantidade certa de líquido ideal para todos.

Ela depende das atividades físicas, clima, peso, metabolismo, dieta, etc. O único jeito de saber se você está ingerindo uma boa quantidade de água é olhando para a sua urina. Se ela estiver com a coloração amarelo-claro, você está ingerindo a quantidade certa. Se estiver escura ou com forte odor , aumente a quantidade diária rápido até atingir o ponto ideal.

Deixe Seu Comentário